URL is copied to your clipboard.

Calendários e datas históricas na pesquisa genealógica

James Tanner

James Tanner

Calendários e datas históricas na pesquisa genealógica

À medida que você progride na pesquisa de registros genealógicos em suas linhagens ancestrais, você pode encontrar algumas datas duplas intrigantes ou um conflito entre dois calendários diferentes. Essas datas confusas ocorrem em muitos países europeus e em outras partes do mundo. Eles se originam como resultado de uma mudança histórica do calendário juliano para o calendário gregoriano e ajustes subsequentes do calendário começando no século XVI. Também é possível, dependendo da origem de seus ancestrais, que você descubra um sistema de calendário que é completamente diferente do comumente usado hoje na Europa Ocidental, América do Norte e do Sul e muitos outros países ao redor do mundo.

versão de 1584 do Calendário Gregoriano
Papa Gregório XIII, retrato de Lavinia Fontana (Domínio Público) Uma página de uma versão de 1584 do Calendário Gregoriano.

Claro, com mais frequência, você pode encontrar registros históricos que contêm datas conflitantes. Você também pode encontrar registros com datas impossíveis, como aqueles que mostram uma criança nascida muito depois da morte de um dos pais, ou antes do nascimento dos pais da criança. Muitos dos grandes sites de árvore genealógica online agora têm recursos que avisam sobre datas conflitantes. Por exemplo, MyHeritage.com tem um sistema de verificação elaborado chamado de “Verificador de Coerência” que avisa sobre muitos tipos diferentes de erros, incluindo datas conflitantes. A maioria desses problemas pode ser resolvida com sua própria revisão cuidadosa de todas as datas em sua árvore genealógica (freqüentemente descrita com a frase “Faça as contas”), mas alguns podem ser devido a mudanças de calendário e requerem ajustes de data.

Como genealogistas, é importante registrar as datas como eram no momento em que o evento ocorreu. Quando encontramos uma data em um registro usando um sistema de calendários diferente com o qual não estamos familiarizados, devemos sempre registrar a data como ela aparece e, se possível, também converter a data para o sistema de calendário atual do seu país. No entanto, devemos sempre citar a fonte do registro da data e, quando possível, incluir uma cópia do registro ou um link para uma imagem digital do registro para que os pesquisadores posteriores possam verificar a conversão e visualizar o registro da fonte. 

Centenas de diferentes sistemas foram usados em todo o mundo. Todos os calendários se enquadram em quatro tipos:

  • Lunisolar (sol e lua)
  • Solar (apenas o sol)
  • Lunar (apenas a lua)
  • Sazonal (baseado em observações naturais)

Quanto mais para trás no tempo você estende sua pesquisa genealógica, mais provável será que você encontrará um sistema de calendário diferente. Aqui estão apenas alguns exemplos de sistemas de calendário que você pode descobrir.

Mudanças nos calendários juliano e gregoriano

Em países ao redor do mundo hoje, os calendários mais usados seguem o padrão do Calendário Gregoriano, que foi usado pela primeira vez em outubro de 1582. O Calendário Gregoriano, desenvolvido pela Igreja Católica Romana e nomeado após o Papa Gregório XIII, substituiu o Calendário Juliano criado durante o reinado de Júlio César em AUC 708 (48 AC). O calendário juliano tinha um ano de 365,25 dias e se tornou o calendário predominante usado pelo Império Romano e em todo o mundo ocidental por mais de 1.600 anos. Como o calendário juliano ficou fora de sincronia com o ano solar real, o calendário gregoriano propôs uma mudança de um ano de 365,25 dias para um ano de 365,2425 dias. Os dias extras são compensados durante os anos bissextos, com um dia adicionado em fevereiro. O cálculo real é mais complexo e até mesmo o calendário gregoriano ficará fora de sincronia com o sol e exigirá ajustes futuros.

O que é ainda mais complicado para a pesquisa genealógica é que os vários países do mundo e até mesmo as províncias ou distritos de um país adotaram o calendário gregoriano em anos diferentes e, é claro, alguns ainda não o adotaram completamente. O Calendário Gregoriano foi adotado no início de 1582 com o edito do Papa Gregório XIII, mas alguns países não o adotaram até 1900. Para obter uma lista dos países e as datas de adoção, consulte o artigo da Wiki de Pesquisa do FamilySearch, “Calendários Juliano e Gregoriano.” Você precisa estar ciente da data de adoção para os países onde está fazendo pesquisas.

O efeito sobre os pesquisadores depende da data e do local de sua pesquisa. Para uma análise dos problemas que você pode encontrar, consulte o artigo do MyHeritage Blog por Laurence Harris, chefe de genealogia do Reino Unido no MyHeritage: “Entendendo datas: cinco erros comuns a evitar.” Você pode converter datas entre os dois sistemas de calendários usando um programa online como o “Conversão entre calendário juliano e gregoriano em um passo” por Stephen P. Morse. Este conversor também permite definir o país de destino e fornece a última data juliana usada e a data da primeira data gregoriana. Há uma lacuna entre as duas datas que acaba sendo “perdida”. Por exemplo, a última data juliana nas colônias britânicas na América foi 2 de setembro de 1752 e a primeira data do novo calendário gregoriano foi 14 de setembro de 1752. Além disso, em alguns países como a Inglaterra e as colônias americanas, o ano novo começou em 25 de março e, com a introdução do Calendário Gregoriano, foi alterado para 1º de janeiro. A mudança nas datas entre os dois calendários é referida como Estilo Antigo (Juliano) e Novo Estilo (Gregoriano) e quando há alguma confusão , ambos os anos são indicados, por exemplo, 3 de março de 1733/34. Às vezes, uma data em questão será marcada como OS para Old Style (estilo antigo) e NS para New Style (novo estilo). Em qualquer país, é importante verificar a data da mudança do calendário Juliano para o Gregoriano para evitar datas conflitantes. As datas ausentes podem causar alguma confusão sobre as datas dos eventos na vida de um ancestral. Sempre que encontrar um antepassado que viveu durante a época em que os calendários mudaram, você precisa ter cuidado com as datas conforme são registradas. 

O Calendário Revolucionário Francês

A pesquisa na França é complicada pelo calendário republicano ou revolucionário francês. Este calendário foi implementado durante a Revolução Francesa e foi usado pelo governo francês por cerca de 12 anos, do final de 1793 a 1805, e por 18 dias pela Comuna de Paris no início de 1871. Veja o artigo da Wikipedia intitulado, “Calendário Revolucionário Francês.” Os nomes associados ao calendário, como meses e dias, foram novas palavras cunhadas para a criação do calendário. Você pode encontrar conversores para datas entre o Calendário Republicano Francês e o Calendário Gregoriano online, por exemplo: “Napoléon & Empire, The French Republican calendar.” 

 

O Calendário Litúrgico da Igreja Católica

Se você estiver pesquisando os registros antigos da Igreja Católica, como os que encontrei na Espanha, Itália e em muitos países da América Central e do Sul, poderá encontrar datas usadas em referência ao Calendário Litúrgico da Igreja Católica. No entanto, as datas específicas do calendário são diferentes dependendo da tradição católica particular que é seguida no país de sua pesquisa. Por exemplo, a Igreja Ortodoxa Oriental é diferente da Igreja Católica Romana. Para uma discussão mais completa, consulte o artigo da Wikipedia intitulado“Calndário Litúrgico.” Alguns dos eventos do Calendário Litúrgico Católico foram adotados também pelas igrejas protestantes. Descobri que, na maioria das vezes, a data do calendário Gregoriano ou Juliano pode ser determinada a partir do próprio registro, mas se a data Gregoriana ou Juliana não for mencionada, pode ser necessária uma boa quantidade de pesquisas para determinar a data correspondente. 

Os anos de reinado dos monarcas ingleses

O calendário de reinado inglês (“enésimo ano do reinado do rei ou da rainha X”, abreviado para “n X”, etc.) é encontrado em muitos documentos históricos e continua a ser usado em muitos documentos oficiais do governo britânico e legais, especialmente parlamentares estatutos. Felizmente, a data do calendário Juliano ou Gregoriano geralmente também está contida no documento; mas, se não, o pesquisador terá que fazer alguma pesquisa histórica adicional para determinar a data correspondente. No entanto, existem sites online que possuem conversores para calcular datas com base nos anos de reinado que incluem listas de todos os monarcas. Veja “Calcular datas com base em anos de reinado.”

O calendário judaico

Eu me envolvi com datas no calendário judaico quando comecei a pesquisar meus ancestrais judeus na Holanda. Tradicionalmente, o dia judaico começa ao pôr do sol, definido como a hora em que o sol desaparece. Livros e programas de computador para as datas de conversão entre o calendário judaico e o calendário gregoriano são baseados na porção “luz do dia” do dia judaico. Veja o artigo JewishGen.org intitulado,“Introdução ao Calendário Judaico.”Aqui está uma breve explicação do Calendário Judaico do artigo da Biblioteca da Universidade de Yale intitulado “Sobre o calendário hebraico”:

O calendário judaico, derivado do antigo calendário hebraico, permaneceu inalterado desde cerca de 900 DC. É o calendário oficial do moderno estado de Israel e é usado pelo povo judeu em todo o mundo como um calendário religioso. O ponto de partida da cronologia hebraica é o ano 3761 AC, a data da criação do mundo conforme descrito no Antigo Testamento. O calendário judaico é luni-solar, baseado em meses lunares de 29 dias alternados com 30 dias. Um mês extra é intercalado a cada 3 anos, com base em um ciclo de 19 anos. As datas do calendário judaico são designadas AM (Latin anno mundi, “o ano do mundo”) e BCE (antes da Era Comum).

Aqui está um link para um dos conversores de calendário judaico: Conversor de data judaica / hebraica

O Calendário Chinês Tradicional

De acordo com Worldômetros, atualmente a população da China equivale a cerca de 18,47% da população de todo o mundo. Até a adoção do Calendário Gregoriano em 1º de janeiro de 1912, a China usava o Calendário Chinês tradicional. No entanto, para muitos fins, incluindo a celebração de feriados, o Calendário Agrícola ainda está em uso. Historicamente, havia várias versões diferentes do calendário. Veja na Wikipedia, Calendário Chinês. A origem do calendário chinês pode ser rastreada até ao século 14Conversor de data do calendário chinês.”

Você pode encontrar outras maneiras de registrar datas em sua própria pesquisa. É sempre satisfatório “decifrar o código” e encontrar uma data que você possa usar em sua pesquisa. Continue aprendendo e pesquisando. 

URL is copied to your clipboard.